Últimos posts

26 de julho de 2015

Resenha: Steven Universo - Cartoon Network


    Steven Universe (Steven Universo) é uma série de desenho animado americana criada por Rebecca Sugar: ex-artista de storyboard, escritora e compositora de Adventure Time e que é produzido pelo Cartoon Network Studios. 

    É o primeiro show do estúdio a ser criado por uma mulher.
    Estreou em 4 de novembro de 2013 no Cartoon Network dos Estados Unidos e no dia 7 de abril de 2014 no Cartoon Network do Brasil. 


    Em Steven Universe, o mundo é protegido do mal pelas Crystal Gems (Joias de Cristal), um grupo de guerreiras intergaláticas que recebem a energia de pedras preciosas mágicas que fazem parte de seus corpos. Os quatro membros são Garnet (Granate), Amethyst (Ametista), Pearl (Pérola) e Steven.

    Steven é um garoto que herdou uma pedra preciosa de sua mãe, uma Crystal Gem (Joia de Cristal) chamada Rose Quartz que deixou sua forma física para dar a luz a Steven.
    Enquanto Steven tenta descobrir os segredos para usar sua pedra, passa seus dias em Beach City fazendo atividades com as outras Gems, seja ajudando-as a salvar o universo ou apenas relaxando.

    A maioria dos locais visitados pelas Gems são santuários ou locais que antes eram de grande importância para a cultura das Gems, mas tornaram-se abandonados e em ruínas pelas centenas de anos de negligência. A segunda metade da primeira temporada lida com este tema com maior profundidade.

    O protagonista, Steven, foi baseado no irmão mais novo de Rebecca, Steven Sugar, que atualmente é artista de fundo para a série Bravos Guerreiros - do mesmo criador de Adventure Time, Pendleton Ward. Numa entrevista, ela afirma que seu desejo é basear o protagonista sua vida, mas ao mesmo tempo querendo crescer e não ser mais o caçula.

    Assim como a maioria dos desenhos populares da Cartoon, os episódios são independentes entre si, ou seja: você pode assistir fora da ordem ou depois de ter pulado alguns episódios e vai conseguir entender direitinho, mas vamos combinar: é legal assistir todos os episódios do começo ao fim. Só assim conseguirá enxergar a história como um todo!
    Os episódios são bem variados: alguns extremamente alegres, engraçados e divertidos e outros trazem uma pegada mais triste por conta da história das Gems e da mãe do Steven. É muito legal mergulhar e se envolver a cada historinha!
    Como toda criança o Steven é atrapalhado, brincalhão, teimoso, agitado e ingênuo, ou seja: é impossível não se apaixonar pelo jeitinho dele!
    
    Steven Universo está na lista de desenhos que mostram o homossexualismo de uma forma interessante, assim como "Hora da Aventura", "Clarêncio, o Otimista" e "A Lenda de Korra".

    Seu universo é incrível, eles conseguem me fazer rir e chorar no mesmo episódio!
    Steven Universo tem as melhores músicas! Sério, eu não consigo parar de cantá-las.



Então se você nunca assistiu... corra para acompanhar!!!

3 comentários :

  1. Thais Franco Forte26 de julho de 2015 10:43

    Oi! Eu fui o Thor,capa daquela matéria horrível e sensacionalista do G1 e gostaria de reiterar meu ponto de vista. Tem machismo e preconceito? Tem. Mas abusos eu nunca sofri. Nunca me passaram a mão e se dizem besteiras, é longe dos meus ouvidos, e meus cosplays são sexies. Tem tudo pra dar errado,mas eu tento atender todo mundo que me aborda com simpatia e talvez isso intimide um pouco os possíveis agressores. Só fiquei muito chateada com aquela matéria pq expôs os eventos geek em geral como lugar de pputaria e isso não é verdade! ! São tantas crianças e famílias que os babá casa são minorias.
    grande beijo!
    Thais

    ResponderExcluir
  2. Que divertido! Não conhecia O.O


    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  3. Acho essa atitude super errada, a mulher vai no evento para "apresentar" seu cosplay e não ser assédiadas! Assunto super interessante! Beijos <3

    ResponderExcluir

(Os comentários são moderados antes de serem aceitos)

 
Copyright © 2014 Heroínas Modernas . Designed by Danielle Cristina/ and Danielle Cristina