Últimos posts

7 de julho de 2015

Festival Tanabata + aprenda a fazer origames e guioza!

    O Tanabata Matsuri ou Festival das Estrelas é um festival que ocorre no primeiro final de semana de Julho(7/7). Sua origem é chinesa, foi popularizado no Japão e hoje é comemorado até mesmo aqui no Brasil.
    Durante o festival as ruas ficam cheias de enfeites de papel e bambus, com danças, música e comidas típicas.

    Desejos são escritos nos tanzaku (tiras de papel que também são conhecidas como 'tiras do desejo'), que depois são queimadas junto com bambus, acreditando que essa fumaça levaria os desejos até as estrelas.


    O festival se baseia numa lenda que sempre foi contada por gerações e, por isso, não há uma versão oficial ou única. A lenda conta a história de amor entre duas estrelas: Orihime e Hikoboshi.
    "Orihime morava próximo a Via Láctea - Amanogawa e era conhecida como a Princesa Tecelã, mas vivia sempre triste por estar ocupada e não ter tempo para se apaixonar. Seu pai, Tenkou, O Senhor Celestial, vendo a tristeza da filha, apresentou-lhe Hikoboshi, acreditando que ele fosse o par ideal para sua filha. Os dois logo se apaixonaram e se casaram, mas na vida deles havia apenas o amor, assim deixando de lado todos os seus afazeres e obrigações de lado.   
    Tenkou separou o casal, obrigando-os a morar cada um em lados opostos da Via Láctea.


    
O pai de Orihime, comovido com a tristeza em que a filha se encontrava, permitiu que o casal se encontrasse uma vez por ano no sétimo dia do sétimo mês, sendo que, neste dia, eles realizassem todos os pedidos vindos da Terra. A partir da foz da Via Láctea um barqueiro levaria a princesa até o encontro do seu amado, mas, se ela não fizesse seu trabalho direito, seu pai inundaria o rio impossibilitando a travessia. Quando isso acontecia, com o choro de Orihime, um grupo de pássaros formava uma ponte ajudando-a a atravessar. Dizem que quando chove no dia do Tanabata é porque as aves não formaram a ponte, fazendo com que Orihime e Hikoboshi não se encontrem, tendo que esperar até o próximo ano para a realização dos desejos."

    Durante o Festival Tanabata é costume escrever pedidos em tiras de papéis coloridos (tanzaku) [短冊] e amarrá-los em ramos de bambus (sasa no ha) [笹の葉], que simbolizam a purificação.
A tradição diz: “olhe para o céu e escreva o seu pedido“.
 Se os pedidos forem do fundo do coração, eles serão atendidos.
    A lenda diz que todos os desejos depositados nos papéis são atendidos no momento mágico do encontro entre Orihime e Hikoboshi.

    Além dos tanzaku, existem outros enfeites feitos de origami [折り紙], os quais possuem, cada qual, seus significados especiais na tradição do Tanabata:

    Kamigoromo [紙衣] (quimono de papel) – Simboliza a melhoria dos dotes de costura;
    Orizuru [折づる] (tsuru) – Simboliza a saúde e longevidade para a família;
    Hoshikazari [星飾り] (enfeites de estrelas) – Que todos os desejos alcancem as estrelas;
    Orihime e Hikoboshi – Que o amor dure eternamente;
    Tanzaku [短冊] (tiras de papéis retangulares) – Que os desejos se realizem e ocorram melhorias na caligrafia;
    Fukinagashi [吹流し] (fios) – Simboliza os fios da tecelagem da Orihime;
    Hishikazari [菱飾り] (pontes) – Simboliza a ponte da Via Láctea;
    Ami [網] (rede) – Que tenha sucesso na pesca e fartura na suas mesas;
    Kaikazari [貝飾り] (enfeites de conchas)- Que receba as farturas do mar;
    Kuzukago [屑籠] (cesto de lixo) – Simboliza a limpeza.


    Existe também uma canção tradicional do Tanabata, que é cantada pelas crianças durante as festividades:

   
A tradução seria algo como:

     "As folhas de bambu murmuram,
  balançando as suas pontas.
As estrelas brilham, 
como grão de areia de ouro e prata".


    Por fim, ao término da festividade, os ramos de bambus com enfeites e tanzaku são queimados e assim, mandados para as estrelas.

    Confira o vídeo do Canal Estilo Geek para aprender alguns origames e uma receita de guioza!



    Um Feliz Tanabata a todos!

Postar um comentário

(Os comentários são moderados antes de serem aceitos)

 
Copyright © 2014 Heroínas Modernas . Designed by Danielle Cristina/ and Danielle Cristina